Visita à maternidade

A família cresceu! Um novo membro acaba de chegar. 

Antes de sair para conhecer o bebê, confira algumas informações importantes para o visitante:

- Horário de visita à maternidade

Horário: 09h às 20h .

Número máximo de visitantes: 4 (quatro pessoas, incluindo o acompanhante).

- Aguardando o nascimento

No momento do nascimento do bebê não há restrição de visitas na sala de espera do centro obstétrico.

- Neonatologia

Não há restrição de horário para visita de pais de recém-nascido internado, devendo contudo preferencialmente seguir os horários: das 10h às 12h / das 14h às 18h / e após as 20h, conforme orientação da enfermagem.

Irmãos e avós: visita liberada aos sábados, domingos e feriados das 15h às 16h por um período de 15 minutos.

- Visita de crianças

Menores de 12 anos não podem entrar na maternidade exceto se forem irmãos do recém–nascido e desde que estejam acompanhados de um adulto para a visita que deverá ser breve. 

Visitas de menores a outras alas do hospital serão realizadas excepcionalmente e sempre de acordo com os critérios internos do HVC.

- Loja de conveniência

Para sua maior comodidade, o Hospital Vera Cruz dispõe de uma loja de conveniência com artigos para presentear mamães e  bebês. Confira os artigos disponíveis e garanta uma visita repleta de felicidade.

A loja está localizada junto à recepção principal do hospital.

Informações e dicas

As mudanças no corpo+
  • Mamas: uma das mudanças mais perceptíveis acontecem nas mamas.  Há um aumento de tamanho e o mamilo (aréola) se torna mais escuro.

 O que fazer? Utilize sutiãs mais confortáveis, de alças e bases largas. Se possível tome banhos de sol diariamente, nunca entre 10 e 16h00. 

Pode surgir presença do colostro. Neste caso, não estimule o mamilo pois esta ação pode induzir ao trabalho de parto.

  • Pele: graças aos hormônios estimulados pela gravidez, a pele da mulher tende a ficar mais bonita. Porém podem surgir estrias e máscaras gravídicas (manchas). 

O que fazer? Neste caso, não exponha as manchas ao sol e utilize sempre um bom protetor solar (FPS 30 é suficiente). Evite o aumento excessivo de peso e utilize cremes ou óleos próprios para as estrias. Ingerir bastante líquido e adotar uma alimentação saudável também são muito úteis. 

  • Sistema respiratório: o sistema digestivo vai apresentando mudanças conforme os meses de gestação. Por conta do aumento do abdome, podem surgir a congestão nasal e a falta de ar (a partir do 5º mês). 

O que fazer? Elevar a cabeceira da cama, procurar deitar-se do lado esquerdo e fazer uso de soro fisiológico lavando as narinas com um pouco desse líquido com uma seringa sem a agulha.

  • Bexiga: dois motivos provocam mais idas ao banheiro durante a gestação: os rins fabricam mais urina para filtrar o volume extra de sangue do corpo e o fato do bebê ocupar mais espaço, isso comprime a bexiga. Tudo isso é normal e natural. Mas a mulher tem que ficar atenta a qualquer sintoma de dor ao urinar. Ardência ou febre podem indicar infecção urinária.

O que fazer? Nunca segure a urina e evite o excesso de líquidos próximo à hora de dormir.

  • Sistema digestivo: com a gravidez ocorre um atraso na digestão dos alimentos o que geralmente provoca a prisão de ventre, azia ou queimação. Em algumas mulheres surge o sangramento na gengiva.

O que fazer? Para evitar as azias, não se deite após as refeições. Coma menores quantidades de alimentos mais vezes ao dia e evite alimentos ácidos, condimentados ou gordurosos. As náuseas e os vômitos podem ser controlados evitando a ingestão de sólidos e líquidos ao mesmo tempo. Mastigue bem os alimentos, faça uma alimentação matutina leve e, antes de se levantar, tente comer algum alimento seco, permanecendo na cama por mais 30 minutos. Caminhar e ingerir alimentos ricos em fibras ajudam nas flatulências e prisão de ventre.

  • Útero: ao longo da gestação o útero pode chegar a ter um volume de 1.000 cm³ e ter o seu peso aumentado em até 20 vezes. Naturalmente, o tecido vai se adequando para deixar o bebê bem acomodado. 
  • Cabelos: o estrógeno será o grande responsável por deixar seus cabelos mais bonitos. Com a baixa produção de testosterona, os fios ficam fortes e brilhosos.

Dieta durante a gestação+

A futura mamãe não deve fazer regime, pois dietas com baixas calorias comprometem o crescimento do bebê. Se você já engravidou com o peso acima do normal, evite doces, frituras e o excesso de massas para que o ganho de peso geral não ultrapasse 12 kg. Em qualquer situação, converse com seu médico a respeito de alimentação. Se for possível, converse também com um nutricionista.

  • Para evitar a anemia, consuma carnes e gema de ovo, além de alimentos ricos em vitamina C que facilita a absorção de ferro pelo organismo.
  • O consumo de sal deve ser normal. Não tome diuréticos nem faça restrições severas ao sódio sem a orientação de seu médico.
  • Consuma sempre alimentos ricos em fibras para que seu intestino funcione bem — frutas cruas com casca, grãos, verduras cruas, cereais (granola, aveia), pães, biscoitos e arroz integrais.
  • Não consuma bebidas alcoólicas, pois o feto não tem a enzima álcool desidrogenase. Assim, o álcool atravessa a placenta e causa efeitos tóxicos, principalmente no início da gravidez.
  • Evite o excesso de cafeína. O consumo deve ser sempre menor que 400 mg/dia lembrando que não é só no café que encontramos a cafeína (uma xícara de café tem 75 mg, uma xícara de chá ou um refrigerante têm 32 mg). Evite por completo as bebidas energéticas.
 

Dores na gestação+
  • As cãibras podem aparecer durante a gravidez. Sua causa não é confirmada, mas sugere-se que seja por falta de cálcio ou compressão do útero, ou mesmo uma combinação e soma destes fatores. 

O que fazer? Utilize sapatos de salto baixo, não fique muito tempo em pé, sente-se sempre com as costas retas. Se necessário, coloque uma almofada para ter melhor apoio. No caso de cãibras, espreguice-se: isso é bom para as articulações e a musculatura. Fazer exercícios de alongamento também é ótimo. Sempre mediante  orientação médica, a grávida pode praticar esportes ou atividades físicas moderadas.

  • Para sustentar o corpo, por conta do peso da barriga, é natural que a mãe altere seu eixo, projetando o tórax para frente e afastando as pernas. Os esforços exigem mais esforços dos músculos da região lombar e, por isso, as dores acontecem. 

O que fazer? Procure descansar, movimente-se, faça relaxamentos e alongamentos.


Mexa-se durante a gravidez+

Para prevenir as varizes, não fique em pé ou sentada durante muito tempo. Repouse sempre que possível e evite usar meias ¾ com elásticos. O ideal é usar meia-calça elástica. 

  • Quando estiver sentada, apoie os pés em um banquinho e, sempre que puder, movimente-os. Se permanecer muito tempo sentada, mexa as pernas e pés para ativar a circulação. Ao deitar, prefira o lado esquerdo. 
  • Elevar os pés e as pernas algumas vezes ao dia ajuda na circulação. Edemas podem aparecer. Caso apareça edema no rosto e nas mãos, procure seu médico. 
 

Proteja sua coluna+
  • Em pé, mantenha o tronco e a cabeça alinhados. Contraia seu abdômen. Sentada, apoie a coluna na cadeira encostada em um travesseiro e ampare os pés com um banquinho. 
  • Se estiver no escritório, preste muita atenção à postura. Apoie toda a coluna na cadeira e evite inclinar-se. Use os braços para escrever ou digitar.
  • Evite levantar peso. Mas se for preciso, afaste suas pernas, dobre os joelhos, mantenha a coluna reta e aproxime o objeto do corpo.
  • Para se deitar, prefira a posição de lado, com as pernas dobradas à frente do corpo e um travesseiro entre elas. Ou de barriga para cima, com um travesseiro para a sua cabeça que não deve ser nem alto nem baixo demais, alinhando sempre a cabeça com o ombro.
  • Se ficar em pé por muito tempo, apoie um dos pés em um banquinho. Mude de pé quando sentir necessidade.
  • As atividades domésticas, como usar uma vassoura, um aspirador de pó, devem ser feitas com um movimento para a frente e para trás, sempre com a menor rotação do tronco.
  • Para levantar-se da cama, dobre os joelhos, vire-se para o lado e vá sentando lateralmente com o auxílio dos braços, enquanto suas pernas vão caindo sobre a parte lateral da cama.
  • Se for necessário fazer um movimento agachada, como arrumar a cama, dobre os joelhos, aproxime-se da cama, alinhe as costas e use só os braços para fazer os movimentos.

Parto: normal ou cesária?+
  • Normal ou via vaginal: o corpo da mulher é naturalmente preparado para o parto normal. A recuperação é muito mais rápida, a chance do surgimento de hematomas ou infecções é menor bem como também é menor o risco de complicações para a mãe e bebê. E pode ser realizado com anestesia. 
  • Cesária: é feito por meio de uma incisão abdominal.  É realizado com anestesia
 

Preparando a mala+

Preparar com antecedência a mala que vai levar para a maternidade pode ser muito útil no caso do bebê resolver nascer antes do previsto, ou se a mamãe entrar em trabalho de parto. Assim, com toda a calma e antecedência é possível evitar o esquecimento de algum item importante. Veja abaixo nossas sugestões do que não pode faltar na mala. 

Na mala da mamãe

  • O cartão de pré- natal, ecografias e todos os exames realizados na gestação
  • 4 camisolas ou pijamas de tecido confortável e com abertura na frente para facilitar a amamentação
  • 3 sutiãs de algodão que englobem e sustentem toda mama, com alças largas (evitar rendas e costuras internas) e com abertura frontal.
  • Chinelos
  • Absorventes (1 pacote normal e 1 noturno)
  • Calcinhas confortáveis que atinjam todo o abdome
  • Produtos de higiene pessoal

Na mala do bebê

  • 4 macacões com botões na frente
  • 2 pagões ou body de manga curta
  • Pagões ou body de manga comprida
  • 4 mijões
  • 4 pares de meia
  • 2 pares de luva
  • 2 pacotes de fralda (pequena)
  • 1 cobertor ou manta de lã
  • 1 manta leve
  • 1 gorro
  • 1 caixa de cotonetes

É importante que as roupas do bebê sejam previamente lavadas com sabão de coco (líquido ou pedra) e passadas. Não utilizar amaciantes e retirar as etiquetas para não incomodar o recém-nascido.


Trabalho de parto: como reconhecer+
  • Aproximadamente 15 dias antes da previsão do parto podem surgir alguns sinais: perda do tampão mucoso, contrações irregulares e queda da barriga. No caso do verdadeiro trabalho de parto, as contrações são regulares, os intervalos vão diminuindo progressivamente e continuam mesmo em repouso.
  • Procure a maternidade se apresentar perda de líquidos, sangramento vaginal ou diminuição dos movimentos do bebê.
 

Aleitamento materno+
  • Vantagens: aumenta o vínculo entre a mãe e bebê. O leite é de fácil digestão, fornece substâncias que protegem contra infecção e ajudam no desenvolvimento imunológico e no desenvolvimento mandibular. Crianças amamentadas no peito têm desenvolvimento escolar melhor, menos riscos de diabetes e pressão alta. Para a mãe, diminui risco de sangramento, reduz o risco de câncer de mama e ainda é mais econômico além de natural.

Alta hospitalar+
  • A permanência mínima na maternidade é de 48 horas independente do tipo de parto, pois o bebê tem que aguardar este tempo para a coleta do exame do pezinho. Na alta serão fornecidas orientações sobre demais cuidados com o bebê. 

O bebê na maternidade+
  • Na sala de parto, além do anestesista, obstetra e equipe de enfermagem, o Vera Cruz não dispensa a presença do neonatologista. Este pediatra especializado em recém-nascidos é o responsável pela avaliação e instituição de todos os cuidados necessários ao bebê logo após o nascimento e durante a sua internação no quarto, sempre junto à mamãe.
  • Na grande maioria das vezes, o bebê nasce com o peso adequado, apresenta boa maturidade e se mostra clinicamente estável. Então, após todas as confirmações feitas numa criteriosa avaliação médica, o bebê recebe os primeiros cuidados e sua pulseira de identificação.  Na sequência, o recém-nascido é mostrado aos pais e encaminhado para mais uma série de cuidados. Neste local os familiares poderão acompanhar todos os procedimentos realizados pela enfermagem através de um vidro. Desta forma, o Vera Cruz não só mostra a transparência nos cuidados com o bebê como permite e incentiva o acompanhamento da mãe a cada minuto, a cada momento. 
  • Na sequência, o bebê deve permanecer um tempo em um berço aquecido até normalizar e harmonizar sua temperatura com o ambiente externo. Nessas primeiras horas de adaptação, ele estará sendo rigorosamente observado por uma equipe capacitada para o cuidado e será liberado para alojamento conjunto tão logo seja possível. 
  • Estando o bebê adaptado às novas condições de vida, ele será levado para a primeira amamentação que acontecerá sempre sob os cuidados e supervisão da enfermeira ou técnica de enfermagem que oferecerá todas as orientações necessárias.
  • Caso ocorra alguma intercorrência durante o parto e o bebê necessite de cuidados especiais de uma UTI neonatal, o Vera Cruz conta com uma equipe altamente qualificada bem como equipamentos da mais alta tecnologia.
  • Em estando tudo bem com o bebê, após a primeira amamentação, o recém-nascido permanecerá no quarto junto à mãe em sistema de alojamento conjunto. Mamãe e bebê não se separam no Vera Cruz. A isto, chamamos de humanização.
 

Previna acidentes – cuidados em casa+
  • Acidentes de carro: transporte a criança em cadeiras especificas para cada idade (de acordo com as recomendações do Inmetro). 
  • Quedas: não deixe a criança sozinha sobre mesas, camas ou trocadores. Eles podem realizar um impulso e cair. Todas as janelas da casa devem ser protegidas com redes ou grades. Retire os objetos com pontas dos locais em que a criança costuma passar. Caso ela caia e tenha dificuldade de se mexer, busque auxílio médico imediato.
  • Queimaduras: cuidado com fósforos e velas. Nunca fique com a criança no colo quando estiver cozinhando ou próxima do fogão. Se acontecer queimaduras, lave suavemente o local com água fria, cubra com gaze ou pano limpo e procure um médico.
  • Asfixia: objetos pequenos devem ficar longe das crianças, pois elas podem levá-los até a boca e aspirá-los, podendo ficar parados na traqueia ou nos brônquios. 
  • Envenenamento/intoxicações: embalagens de detergentes, remédios e cosméticos são coloridos e atraem as crianças. Não os deixe ao alcance delas. A maioria das intoxicações acontece na hora das refeições, quando as mães, atarefadas, se descuidam por um instante dos filhos.
 

Sistema de Alojamento Conjunto+
  • A permanência do bebê com a mãe, no mesmo quarto, as 24 horas do dia, até a alta hospitalar de ambos, esta inovação traz inúmeras vantagens para toda a família. Neste sistema os recém-nascidos alimentam-se com grande frequência, durante o dia e a noite, garantindo ou facilitando o sucesso no aleitamento materno, estimulando e aumentando o vinculo entre pais e filhos.
  • A permanência do recém-nascido ao lado de sua mãe só traz vantagens. E, ao ser alimentado pelo seio materno, a natureza se encarrega de criar rapidamente toda a defesa imunológica que o bebê necessita para esta primeira etapa da sua vida.
  • O sistema de alojamento conjunto, por sua vez, proporciona a participação do pai nas orientações e cuidados com seu filho, promovendo assim, além da saúde, a unidade familiar.
  • O fato de permanecerem lado a lado permite à mãe observar constantemente o seu bebê, bem como assistir às avaliações das enfermeiras e médicos. Deste modo cresce a oportunidade de conhecer melhor e mais rapidamente o comportamento da criança e trocar informações com os profissionais especializados. Assim, as mamães ganham maior autoconfiança para cuidar integralmente do seu bebê, diminuindo consideravelmente a ansiedade natural de cuidar bem do recém-nascido. Principalmente quando se trata do primeiro filho.

Registro civil do bebê sem sair do Hospital Vera Cruz+

Mais um serviço gratuito do Hospital Vera Cruz para vocês, papai, mamãe e bebê.

Você pode contar com toda a comodidade de ter seu bebê registrado e documentado antes mesmo de sair do Hospital Vera Cruz. Leia com atenção as informações abaixo.

O cartório Santa Cruz, de Campinas, faz o registro civil do seu bebê aqui mesmo, no Hospital Vera Cruz nos seguintes dias e horários (exceto feriados):

  • De segunda-feira a sábado, das 09h às 10h30.

O que é necessário?

  • Pais casados no civil:
    Presença do pai ou da mãe do bebê.
    RG ou CNH do declarante.
    Certidão de Casamento.
    DNV (Declaração de Nascido Vivo, documento fornecido pelo Hospital Vera Cruz).
  • Pais não casados no civil:
    Presença obrigatória do pai do bebê.
    RG ou CNH do pai e da mãe do bebê.
    DNV (Declaração de Nascido Vivo, documento fornecido pelo Hospital Vera Cruz).

Pai ou mãe menores de 16 anos idade: é obrigatória a presença de um responsável legal devidamente documentado.

Para mais informações ou para agendamento do serviço de registro, basta ligar na UTI Neonatal ramais  3083 ou 3084, pelo telefone disponível em sua acomodação no Hospital Vera Cruz.

Anote o endereço do cartório Santa Cruz. Certamente esta informação será útil no futuro:

Rua Delfino Cintra, 404, Campinas, SP.


Atividade sexual+
  • Aconselha-se que a retomada da vida sexual seja cuidadosa e que siga a orientação do médico, tomando as medicações necessárias para não engravidar. 

Dieta pós-parto+
  • É normal que as funções intestinais estejam mais lentas. A alimentação rica em verduras e frutas ajuda bastante.
  • Invista em alimentos que contém as chamadas vitaminas do complexo B. Nozes, ervilha, feijão e outros contribuem para a memória, ameniza a ansiedade e melhoram o sono. 
  • Nenhum alimento é contraindicado durante a amamentação e, cientificamente, nenhum alimento provoca gases ao bebê.

Mexa-se após o parto+
  • Caminhe para evitar o acúmulo de gases, principalmente se o parto for cesariana. 
  • Assuma a postura mais ereta possível.
  • Eleve os membros inferiores, quando em repouso, para ajudar a circulação do sangue.

Recuperação no hospital+
  • Antes de se levantar pela primeira vez, procure ficar sentada por algum tempo. Para evitar tonturas, alimentar-se de acordo com a dieta prescrita e ingerir líquidos normalmente. 
  • A enfermagem auxilia no primeiro banho da mãe, devido ao risco de quedas.  É normal a apresentação de sangramento, pois o útero está voltando para o lugar. A volta ao seu estado natural leva mais ou menos seis semanas.
 

Gostaria de agradecer a equipe da Maternidade, especialmente a Dra. Cida e as enfermeiras Letícia, Valéria, Jucélia, Tamires, Samara, Milene e Camila, fundamentais para evolução do nosso Leonardo.

Simone Bernoldi P. Pereira, paciente.

Gostaríamos de agradecer ao Dr. Wilson Martinuzzo e toda a sua equipe e as equipes de enfermagem UTI e 4°. andar D, em especial aos auxiliares Paulo Ricardo e Denise.

Andreza Rodrigues Badre, acompanhante.

Queremos agradecer ao Centro Cirúrgico que fez a cesárea, a enfermagem (Meire, Regina e Jucélia) pessoas e profissionais maravilhosas e a Dra. Marcela Lorenzo pela competência e dedicação.

Ana Paula Januário Fermoseli Daneluzzi, paciente.

Fomos muito bem atendidas, médicos excelentes, enfermeiras atenciosíssimas. Agradecemos a enfermeira chefe da Pediatria, ao Dr. Palhares e ao Dr. Godoy.

Aline Silvestre, acompanhante.

Agradeço ao Dr. Aléssio e sua equipe, que estão de parabéns pelo suporte ao meu tio Francisco.

Ricardo Rocha, acompanhante.

Gostaria de agradecer ao Dr. Fernando Brandão, anestesistas Jonatan e Romualdo, enfermeira do Centro Obstétrico, Patrícia, Dra. Cida Brenelli, enfermeiras Tâmara e Regina e funcionários.

Vivian Spaulonci, paciente.

Agradecemos imensamente a todos os profissionais deste hospital pelo carinho, atendimento e amor à vida. Em especial ao Dr. André Arruda e sua equipe, que trouxe ao mundo nosso filho Pedro.

Giovanna Pasquot Polido Neroni, paciente e Eduardo Neroni, acompanhante.

Quero agradecer ao Dr. Rogério Eduardo de Almeida Filipe, enfermeiros que trabalham com ele no período manhã e também ao Centro Radiológico Campinas.

Josiene Santos, paciente.

Destaco o acolhimento e a competência dos médicos Dr. Mauricio Marson, Wagner Avelar e Dr. Roger Lima pela atenção, clareza, cuidado e proximidade.

Celestino João Weber, paciente.

Gostaria de elogiar a Dra. Maria Fernanda Roma, PS e dos neurologistas Dr. Wagner Avelar e Dr.Luis Belini todos extremamente competentes e atenciosos me prestaram atendimento humanizado.

Ana Helena Marcatto Begalli, paciente.

Agradeço aos Drs. Walmir Cândido de Oliveira, Marco Antonio Rocha Pallhares, Francisco Prata, Sílvio Pollini, equipes de ultrassonografia, radiologia, enfermagem, higiene, elevador, nutrição.

Cláudia Achôa,acompanhante.

Atendimento e assistência espetacular da Dra. Vera Márcia e Dr. Marcelo. Elogios especiais ao enfermeiro Adilson e ao técnico de enfermagem José Eduardo.

Flávio Augusto Terra, paciente.

Mais agradecimentos à equipe de enfermagem, ao Dr. Rafael, plantonista da noite e a todos os profissionais por excelência. E ao Dr. Sílvio meu agradecimento pelo carinho a mim dispensado.

Newton Antonio W. de Mattos Gobbo, paciente.

Quero deixar registrado a excelente administração deste hospital em todos os sentidos. Ressalto o empenho das pessoas com necessidades especiais, o carinho, a atenção, e a valorização que a administração presta a todos.

Regina Célia Delfino, acompanhante.

Agradeço ao Dr. Carvalho e ao Dr. Frederico pelo tratamento oferecido a minha mãe, competência, paciência, delicadeza e atenção. E aos técnicos de enfermagem do 4°andar, copa e limpeza.

Kristina Krueger, acompanhante.

Agradeço ao atendimento de enfermagem, recepção, copa e etc. O atendimento humanitário da Dr. Magda, da técnica Juliana e Maria Júlia, são pessoas como elas que fazem a diferença. E também ao Dr. João Paulo.

Gisele Vanessa Venâncio, paciente.

Gostaria de agradecer a atenção do Dr. André Arruda durante toda a internação.

Branca Perocco, paciente.

Atendimento e estrutura maravilhosos. Agradecimento em especial ao Dr. Murilo e toda a sua equipe pela grande preocupação com o paciente.

Levi Pereira, paciente.

Excelente atendimento a começar com a Dra. Juliana R. Zuiani e sua equipe. Os enfermeiros, todos atenciosos e simpáticos e as acomodações estão perfeitas.

Fernando Amaral Stein, paciente.

Agradecemos aos enfermeiros e outros, que foram atenciosos e educados no trato com a paciente. E também a endoscopia, Dr. Alcindo e equipe estão de parabéns.

Cleide Maria Bardim, acompanhante.

Apesar do momento difícil pelo qual passamos, agradecemos a todos os médicos, enfermeiras e demais envolvidos e toda a equipe pelo atendimento humanitário dispensado ao paciente.

Marília Gertrudes Rodrigues de Moraes, acompanhante.

Agradecimentos ao Dr. Carlos Roberto G. Frazatto, Dra. Carol (anestesista), Dr. Rubens (Pronto-Socorro) pela atenção e carinho.

Rita Cássia F. Valghn, acompanhante.

Muito satisfeita com o atendimento na UTI cardiológica! Especial menção para Thaís, Claudiane, Dr. Rafael, Dr. Maurício Tasso Nicastro, enfim, toda a equipe de cardiologia.

Cláudia N. G. Henry, acompanhante.

Agradeço muito toda a equipe do hospital, enfermagem, limpeza, copeiragem da Maternidade e ao obstetra Dr. Mauro Vila Real pelo profissionalismo e dedicação.

Marina Vasconselos, paciente.

O atendimento por parte do Dr. Sandro (Urologia) foi excelente, superando as expectativas deixando a paciente e a família muitos tranquilas.

Orlei Lotto, acompanhante.

Escolhi o HVC para fazer uma cirurgia plástica com Dr. Cássio e equipe. Tudo correu as mil maravilhas, graças a Deus! Médico maravilhoso, hospital maravilhoso e enfermeiros maravilhosos.

Luciana Praxedes Junho Reis Sampaio, paciente.

Temos sempre que agradecer toda a equipe da enfermagem pelo atendimento a minha esposa e também em especial, ao Dr. Hamilton pela atenção.

Gilson Carlos Fernandes, acompanhante.

Precisamos de atendimento de emergência na pediatria e meus dois filhos foram atendidos pela Dra. Ana Carolina. Gostaria de registrar minha satisfação com o atendimento, dedicação, atenção e seriedade da Dra.

Jeferson Ferracini e Adriana Ferracini, acompanhantes.

Agradecemos a todos vocês pelo profissionalismo, carinho e atenção dedicados a nossa amada, Sra. Maria Eneida Pupo Pimentel. Cremos que Deus envia anjos para nos guardar e Ele enviou todos vocês.

Família Pimentel.

Agradecemos sinceramente o carinho, a atenção e o profissionalismo de toda a equipe médica da cirurgia vascular e da UTI do Hospital Vera Cruz.

Família de Domingos Destro.

Nós da família Schettini agradecemos a Deus por ter colocado no caminho de Carlos Alberto a generosidade e competência do Corpo Clínico do Hospital Vera Cruz e também o carinho da equipe de enfermagem.

Wilma O. Schettini, acompanhante.

Obrigada a todos pela dedicação e competência, desde a internação até a alta hospitalar e em especial a equipe cirúrgica. Que Deus abençoe a todos.

Flavia de F. Ganzella, paciente.

Agradeço em nome de minha família o responsável, respeitoso e carinhoso tratamento, que o meu marido José e todos nós recebemos nas diversas vezes em que ele ficou internado neste hospital.

Dirce de Lima Silva, acompanhante.

Quero agradecer toda a equipe médica, enfermagem, serviços gerais pelo carinho e ótimo atendimento. Fui muito bem atendida. Que Deus abençoe toda esta equipe!

Rebeca Martins, acompanhante.

Nossos sinceros agradecimentos a Dra. Alline Simões Ferreira, a qual atendeu minha filha no PS. A Dra. é extremamente gentil, atenciosa, cuidadosa e competente e humana.

Érica Morais Martelli Scafi, acompanhante.

Elogio ao Dr. Bruno e a médica urologista, ótimos médicos, parabéns!

Lucas M. Juviniano, paciente.

A cirurgia com a equipe do Dr. César Luiz Bertonha, foi excelente!

Andréa T.Gomes, paciente.

Agradeço aos enfermeiros imensamente e ao Vera Cruz pelo carinho e atenção para comigo e minha família sempre.

Alessandra Regina Borges, paciente.

Fiquei muito satisfeita com a atenção, cuidado e eficiência da enfermeira Lucelli e do Neonatologista Francisco.

Marilia G. de Bovi Lena, paciente.

Muito obrigado à equipe da ortopedia pelo atendimento humano e carinhoso que minimiza a fragilidade de qualquer paciente.

Fernando dos Anjos, paciente.

Adorei o novo site. Sou cliente há 10 anos e sou muito feliz com meu convênio. É um dos melhores da região. Minha filha nasceu ai e fomos muito bem recebidas.

Ruth Cristina, paciente

Minha recuperação e da minha mãe, deu-se graças a alta capacidade técnica e profissionalismo. Deus abençoe todos assim como fez comigo, colocando em meu caminho pessoas como vocês.

Lucélia, paciente

O ambiente hospitalar nos deixa tenso. Com o atendimento de equipe capacitada e humana, o sofrimento diminui e o tempo distante da casa, da família e do trabalho parece se abreviar.

Marlise, paciente

Fizemos a escolha certa, deixando nossa filha aos cuidados de excelentes profissionais. Continuem fazendo a diferença na vida de cada paciente, isso é fundamental na recuperação.

Aline e Claudio, pais.

...agradecimento ao Dr. Cássio que com sua perseverança, honestidade e profissionalismo, salvou minha vida. Me fez ver em meus 79 anos, que o ser humano é solidário.

Sleiman, paciente.

Tive minha esposa, grávida na UTI. Conheci equipes com a maior humanidade que já vi. O Dr. Thiago salvou a Lu. Meu filho Pedro nasceu e em homenagem, seu nome é Pedro Thiago.

Eduardo, pai.

Extremamente satisfeito com o hospital e, principalmente, com a cortesia e competência dos médicos, enfermeiras e funcionários.

Rogério, acompanhante

Adorei as novas instalações da Av. Dr. Jesuino. A pontualidade do horário da minha consulta me surpreendeu. Muito bom!

Sérgio, paciente

Os serviços prestados são de alta qualidade. Fui muito bem cuidado, da recepção até a liberação. Gostaria de agradecer a todos desde a recepcionista até as enfermeiras (os).

Ricardo, paciente

Continuem mantendo este nível de excelente atendimento. Parabéns a todos os profissionais que aqui desempenham seus trabalhos indiferente do cargo que ocupam.

Rosangela, paciente

Parabéns pelo atendimento. Fomos bem acolhidas e o carinho e a atenção de todos os funcionários foi excelente. Vocês realmente sabem lidar com as pessoas. Parabéns para todos.

Vanderlisa, paciente
2015, 2010, 2008 e 2006 – Selo de Conformidade

Em 1991, o Hospital Vera Cruz aderiu ao Programa CQH (Compromisso com a Qualidade Hospitalar da Associação Paulista de Medicina). Em 2006, o hospital conquistou o selo de conformidade e em 2008 e 2010 conseguiu a renovação.  Recentemente, recebemos mais uma renovação deste selo de qualidade com validade até 2015.

2014 - Recertificação Target Zero categoria diamante

Em março de 2014 o Hospital Vera Cruz recebeu da 3M do Brasil a recertificação do programa Target Zero na categoria diamante. O programa tem por objetivo reconhecer as melhores práticas utilizadas pelo Centro Cirúrgico e pela Central de Material Esterilizado, contribuindo para a melhoria da qualidade dos procedimentos e mantendo os níveis de infecção próximos a zero. 

2013 - Recertificação Global 3M

Em 8 de outubro de 2013 o Hospital Vera Cruz comemorou mais uma conquista, foi realizado um evento de premiação com uma cerimônia de Recertificação Global 3M. O Vera Cruz foi novamente reconhecido na Categoria Diamante nos três atuais programas: Fixação Segura, Prevenção em Lesões de Pele e Target Zero.

2013 - Prêmio Cidade de Campinas

O HVC e a FRRB ganharam o Prêmio Cidade de Campinas de 2013 concedido pela ANUBRA e o Instituto Sustentar, o Dr. Gustavo Carvalho recebeu a placa em nome do hospital, na categoria Saúde em homenagem aos 70 anos da instituição e o Dr. Aloísio Carvalhaes recebeu a placa em nome da FRRB categoria Responsabilidade Social.  

2012 a 2010 – Certificação Ouro em Fixação Segura

Em 2010, o Hospital Vera Cruz recebeu pela primeira vez a Certificação Ouro em Fixação Segura, pela 3M. Em 2001, o Hospital recebeu sua primeira Certificação Diamante, renovada agora em 2012.

2012 - Selo Global do Programa de Soluções Integradas da 3M

Em maio de 2012, o Hospital Vera Cruz recebeu o Selo Global do Programa de Soluções Integradas, da 3M. O hospital conquistou a categoria diamante nas quatro modalidades avaliadas e entrou para a história como o primeiro hospital do país a obter o selo.

2012 - Selo de Gestão de Qualidade do Projeto 32 (SINSAÚDE)

O Vera Cruz recebeu em 08 de novembro o selo bronze que confirma a implantação da NR-32 em nosso hospital. A Norma Regulamentadora nº 32 do Ministério do Trabalho, estabelece diretrizes básicas para a implementação de medidas de proteção à segurança e à saúde dos trabalhadores dos serviços de saúde.

2012 - Hospital Vera Cruz é Premiado por suas Ações Ambientais

Em 30 de outubro de 2012, o Hospital Vera Cruz é premiado por suas ações ambientais, na sexta edição do Projeto RAC/Sanasa de Responsabilidade Ambiental, que homenageia iniciativas de todos os setores econômicos com ações voltadas à preservação ambiental.

2011 – Certificação Internacional AMS (American Medical System)

Em 2011, o Hospital Vera Cruz recebeu da AMS – American Medical System, a certificação internacional pelo primeiro Centro de Treinamento da América Latina para Cirurgias de Próstata a Laser. 

2011 - Prêmio Pró-Visão

Em 2011, o Hospital Vera Cruz recebeu o Prêmio Pró-Visão por sua política de inclusão de pessoas com deficiência visual.

2011 - Certificação Diamante em Cirurgia Segura

Em 2011, o Vera Cruz recebeu a Certificação Diamante em Cirurgia Segura, da 3M, pelas boas práticas adotadas pela equipe do centro cirúrgico.

2010 – Prêmio Nacional de Gestão em Saúde

Em 2010, o Hospital Vera Cruz recebeu o Prêmio Nacional de Gestão em Saúde, na categoria prata, do Programa CQH – Compromisso com a Qualidade Hospitalar. 

2010 – Congresso Brasileiro de Treinamento e Desenvolvimento

Em 2010, o Hospital Vera Cruz foi uma das empresas escolhidas para expor experiências em um congresso de RH. A apresentação teve como tema o Desenvolvimento Comportamental - Fator Estratégico para o Sucesso das Organizações.

2010 – Certificado de Reconhecimento Abrinq

Em 2010, o Hospital Vera Cruz recebeu da Fundação Abrinq, a certificação pelo compromisso e apoio em defesa dos direitos das crianças e adolescentes do Brasil.

2009 – Prêmio Nacional de Gestão em Saúde

Em 2009, o Hospital Vera Cruz foi reconhecido pelo PNGS – Prêmio Nacional de Gestão em Saúde, como finalista do ciclo 2008/2009. Com a oportunidade, o Vera Cruz passou a adotar a elaboração do relatório de gestão do hospital.

2009 – Melhores Maternidades

Em 2009, a Maternidade do Hospital Vera Cruz  foi uma das 10 melhores avaliadas, pela revista Pais & Filhos. A maternidade foi avaliada por sua competência no apoio à amamentação, parto normal e humanizado, gravidez de risco e hotelaria.

2009 a 2010 – Certificação Ouro

De 2009 a 2010, o Centro Cirúrgico do Hospital Vera Cruz recebeu a certificação Categoria Ouro, da 3M. A Tricotomia Segura e a Eletrocirurgia Segura foram as grandes responsáveis pela certificação.

2009 - Prêmio Análise Medicina

Em 2009, o Hospital Vera Cruz recebeu da Análise Editorial, o prêmio Análise Medicina, por ser um dos hospitais mais admirados nas especialidades de endocrinologia e metabologia, farmacologia, hematologia, ortopedia e traumatologia, otorrinolaringologia e reumatologia.

2008 – Certificado Ministério do Trabalho

Em 2008, o Hospital Vera Cruz recebeu o certificado do Ministério do Trabalho por contribuir pela inclusão de pessoas com deficiências no mercado de trabalho.

2008 a 2011 – Certificação Ouro em Esterilização Hospitalar

O Hospital Vera Cruz por quatro anos consecutivos (2008 a 2011) recebeu o certificado na Categoria Ouro, da 3M, pelo reconhecimento das melhores práticas relacionadas à limpeza, controle de esterilização e rastreabilidade dos produtos utilizados.

2008 a 2009 – Certificação Ouro em Prevenção de Lesões da Pele

De 2008 a 2009, o Hospital Vera Cruz recebeu da 3M, a certificação da Categoria Ouro pela adoção de medidas preventivas estabelecidas dentro das melhores práticas em saúde da pele. 

2005 - Prêmio Destaque

Em 2005, na 11ª edição do “Prêmio Destaque”, organizado pelas revistas Gestão RH e Gestão Plus, o Hospital Vera Cruz foi um dos 10 premiados entre 213 concorrentes. O prêmio reconhece as melhores práticas na gestão de recursos humanos.

2001 a 2012 - Prêmio Top of Mind

Desde 2001, o Hospital Vera Cruz é vencedor da pesquisa Top of Mind, da Rede Anhanguera de Comunicação, na categoria hospital particular mais lembrado. Por 12 vezes consecutivas o hospital é o mais citado entre a população pesquisada.

1997 - Prêmio de Qualidade Brasil

Em 1997, o Hospital Vera Cruz recebeu a certificação Prêmio Qualidade Brasil, pela International Exporter’s Service, por seu alto reconhecimento na busca da Excelência de Qualidade.