O bebê na Maternidade

  • Na sala de parto, além do anestesista, do obstetra e da equipe de Enfermagem, o Vera Cruz não dispensa a presença do neonatologista. Esse pediatra especializado em recém-nascidos é o responsável pela avaliação e instituição de todos os cuidados necessários ao bebê logo após o nascimento e durante a sua internação no quarto, sempre junto à mamãe.
  • Na grande maioria das vezes, o bebê nasce com o peso adequado, apresenta boa maturidade e se mostra clinicamente estável. Então, após todas as confirmações feitas numa criteriosa avaliação médica, o bebê recebe os primeiros cuidados e sua pulseira de identificação. Na sequência, o recém-nascido é mostrado aos pais e encaminhado para mais uma série de cuidados. Neste local os familiares poderão acompanhar todos os procedimentos realizados pela equipe de Enfermagem através de um vidro. Desta forma, o Vera Cruz não só mostra a transparência nos cuidados com o bebê, como permite e incentiva o acompanhamento da mãe a cada minuto, a cada momento. 
  • Na sequência, o bebê deve permanecer um tempo em um berço aquecido até normalizar e harmonizar sua temperatura com o ambiente externo. Nessas primeiras horas de adaptação, ele estará sendo rigorosamente observado por uma equipe capacitada para o cuidado e será liberado para alojamento conjunto tão logo seja possível. 
  • Estando o bebê adaptado às novas condições de vida, ele será levado para a primeira amamentação, que acontecerá sempre sob os cuidados e supervisão da enfermeira ou técnica de Enfermagem, que oferecerá todas as orientações necessárias.
  • Caso ocorra alguma intercorrência durante o parto e o bebê necessite de cuidados especiais de uma UTI Neonatal, o Vera Cruz conta com uma equipe altamente qualificada, bem como com equipamentos da mais alta tecnologia.
  • Em estando tudo bem com o bebê, após a primeira amamentação, o recém-nascido permanecerá no quarto junto à mãe em sistema de alojamento conjunto. Mamãe e bebê não se separam no Vera Cruz. A isto, chamamos de humanização.
  • Os exames de triagem auditiva para a detecção precoce da perda auditiva em recém-nascidos são feitos na Maternidade do Vera Cruz antes da alta hospitalar, por meio de dois procedimentos diferentes: Emissões Otoacústicas e Potenciais Evocados Auditivos de Tronco Encefálico. Esta metodologia combinada é a mais recomendada, sendo considerada padrão ouro para a triagem auditiva no mundo todo. A escolha do tipo de exame que será feito no bebê é do médico responsável. O exame de Emissões Otoacústicas avalia a integridade das células da orelha interna. Já o exame de Potenciais Evocados Auditivos de Tronco Encefálico é um pouco mais abrangente e avalia a saúde da via auditiva central, captando as respostas do tronco encefálico para o estímulo auditivo. Os exames não causam dor ou qualquer desconforto e são realizados em poucos minutos.
 

Informações e Dicas

Atenção!
Sucesso!